10 dicas de SEO On Page para sua loja online

14 de janeiro de 2021

0
E-commerce

Eu sei que eu deveria ir direto ao ponto e começar falando sobre os motivos para investir em SEO On Page no seu e-commerce, mas antes disso quero te fazer uma pergunta: você sabe o que é SEO On Page? Já sabe? Ótimo! Se ainda não sabe, vem aqui que eu vou te explicar com todo o prazer. 

Primeiramente SEO, (que se lê esse-í-ow), é a sigla para Search Engine Optimization. São técnicas que se baseiam nas diretrizes e boas práticas do Google para que um site alcance boas posições na serp. Ah! SERP nada mais é que, a listagem de conteúdos que aparecem na página de pesquisa:

SERP do Google.

Basicamente existem duas formas de se trabalhar o SEO. Trata-se do SEO On e Off Page. SEO On Page é trabalho desenvolvido no próprio site. Já o trabalho de SEO Off Page corresponde a todo o trabalho que pode ser realizado no ambiente externo (fora do site). 

Mas como funcionam os mecanismos de busca?

Como uma grande biblioteca o Google navega pela rede incansavelmente e, através dos seus Googlebots, vasculham a internet procurando informações novas. Depois disso, os boots guardam as informações de cada site, organizam os conteúdos e fazem um grande índice na base de dados do Google. 

Depois de todo esse trabalho, quando alguém faz uma busca na rede, em menos em segundos é feita a pesquisa dentro dessa base de dados e então os resultados que o buscador julga o mais correto possível, aparece na Serp.  Taí a importância de trabalhar o conteúdo do seu site, pois o Google faz isso através do conteúdo, buscando entregar sempre a informação mais correta e mais assertiva possível para o usuário. 

O Google utiliza um algoritmo para classificar todos os sites e coloca-los em ordem de relevância e, de acordo com especialistas, são mais de 200 fatores que são analisados dentro de um site e que podem determinar em qual posição ele aparece na Serp. 

Quais fatores que podem determinar que o seu site apareça nas primeiras posições da Serp?

Como eu disse são muitos fatores que o Google considera para que um site apareça numa boa posição orgânica, porém não há como saber ao certo, já que o algoritmo do Google se atualiza ano após ano. Como aqui estamos tratando apenas de SEO on page, vamos elencar abaixo os principais fatores de ranqueamento de um site:

1-Velocidade de carregamento de um site

É preciso prestar muita atenção na velocidade de carregamento do seu site. É preciso considerar que a era da internet discada já foi e que ninguém mais tem paciência para esperar um site carregar. Dados do Blog do SemRush revelam que os melhores site levem me média 3 segundos para carregar as informações. Para os sites de E-commerce 2 segundos é o tempo considerado limite de tempo que os usuários esperam. O Pagespeed é uma ferramenta do Google que mede a velocidade de carregamento de um site. Confira a velocidade do seu site, tanto no Desktop, quanto no Mobile.

2-Site Mobile-friendly

A maioria dos usuários acessa seu site através do celular, por isso é muito importante ter um site adaptado ou compatível com os dispositivos móveis. O Google disponibiliza um site que verifica o quão seu site é compatível com os dispositivos móveis.

3-Meta Titles e Meta Descriptions

Trabalhar o conteúdo das tags Title e a description é de suma importância na hora de trabalhar o SEO on page. Elas devem conter a palavra-chave escolhida e deve ser muito bem escrita, pois ela aparecerá na SERP do Google, antes mesmo do usuário entrar no seu site. 

4-Urls amigáveis

A URL do produto deve conter a palavra-chave e deve ser o mais limpa possível (sem números, códigos ou caracteres). Ah, outra coisa: as Urls curtas e objetivas são lidas e compreendidas mais facilmente pelo usuário. 

Aqui temos um exemplo de cada uma das URLs:

https://www.nome-da-loja.com.br/calça-feminina-plus-size-feminina-jeans-jogger-cargo-razon-azul/p/10043830626

https://www.nome-da-loja.com.br/calca-feminina-plus-size-jeans-jogger-cargo-razon-azul/

5- Conteúdo 

O conteúdo do seu site deve ser autoral, sem cópias, envolvente e altamente relevante. Pensando especificamente para o e-commerce na hora de escrever a descrição de um produto, tente pensar quais perguntas o consumidor poderá fazer sobre o produto ou serviço e vá respondendo no texto. Não esqueça de usar a palavra-chave e termos semânticos dentro do conteúdo, isso fará total diferença na hora do Google avaliar e ranquear seu e-commerce. 

6-Palavras-chave 

Escolher a palavra-chave ideal vai muito além de escolher o termo com maior volume de busca. É preciso levar em conta qual a dificuldade de ranqueamento para aquele termo ou palavra. Várias ferramentas já mostram qual é essa dificuldade em números. Então com base no conhecimento, o profissional de SEO escolhe um termo que vale a pena ser trabalhado, considerando esses dois fatores. 

7-Heading tags definidas

As heading tags conhecidas também por tags H1 funcionam como um sumário dentro do código do site. Elas mostram qual a hierarquia daquele site, onde a tag H1 deve conter a palavra-chave trabalhada na página e as tags que vem na sequência podem ou não conter sinônimos, ou termos relevantes que façam sentido ao usuário. Dessa forma, você força a relevância da sua página perante os buscadores. 

8- Links internos

É muito importante que dentro da página de produto ou categoria de um e-commerce contenham links que direcionam o usuário para outros conteúdos no próprio site. Isso mostra para o Google maior autoridade e vai criando uma teia de conteúdos relacionados dentro do seu site. 

9- Sitemap

O sitemap é um arquivo que tem dentro dele toda a estrutura do seu site. Como o próprio nome já diz, é como um mapa do seu site. Ter um sitemap mostra para o Google quais as páginas do seu site e facilita na hora do buscador identificar qualquer mudança. Existem várias formas de criar um sitemap, mas o importante é criar o da sua loja e inserir dentro do Google search Console. Clique aqui e veja mais informações do próprio Google sobre os sitemaps.

10- Texto alternativo nas imagens

Os Googlebots são muito inteligentes, mas eles ainda não conseguem ler as imagens. Para solucionar este problema existe uma forma de colocar o texto alternativo nas imagens, a (tag alt). Que funciona quase uma descrição para o Google, mostrando o que aquela imagem representa. 

Viu só? SEO On Page não é apenas rechear seu site de termos relacionados e palavras-chave. É preciso dedicação, tempo e muito trabalho. Investir em SEO On Page traz resultados duradouros ao seu e-commerce e é um processo feito dia após dia. Quer saber mais sobre o trabalho de SEO da Admake? Fale com um de nossos especialistas e tire suas dúvidas.

Ebook seo Vtex admake



Leia Mais

Juliana Pineda

Escrito por:

Juliana Pineda

Analista de SEO e Redatora na agência Admake. Graduada em Publicidade e Propaganda e em Jornalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-commerce

Vídeo: ADMAKE ENSINA #01 – 10 Principais Métricas de Análise para E-commerce

Você conhece as principais Métricas para Análise de E-commerce Se você quer conhecer os dados reais de sua loja e aumentar seu faturamento, não perca tempo e... mais

Marketing Digital

O que é Mailing e como usar para vender mais?

Com certeza você já ouviu falar em mailing Mas você sabe o que é, como conquistar e como utilizar essa estratégia para vender mais Continue lendo este conteúdo... mais