5 Dicas para Pequenas e Médias empresas aumentarem as vendas na Black Friday

26 de setembro de 2019

1
E-commerce

Estamos há dois meses da Black Friday, uma das datas mais esperadas para vender no e-commerce. Conhecida também como sexta-feira de descontos, a data ocorre todos os anos no mês de novembro e é muito aguardada pelos consumidores, pois é para esse momento que muitos deles preservam suas economias. 
As grandes empresas se organizam desde o início do ano, mas como ficam as pequenas e médias empresas nesse caso?
Continue lendo este artigo e descubra cinco dicas para as Pequenas e Médias empresas se organizarem com antecedência para lucrar com a Black Friday.

.

1) Invista em Marketing Digital

Reservar uma graninha para investir em marketing digital é indispensável. Você precisa mostrar que a sua loja existe e está pronta para atender a necessidade do seu nicho. Portanto, comece já!
Se você ainda não investe em marketing digital, procure uma Agência para trabalhar a imagem de sua loja e trazer ainda mais visibilidade.
Redes sociais alimentadas com fotos e banners, envio de e-mails e vídeos no YouTube estão entre as mais variadas formas de atrair a atenção das pessoas para o que está por vir.

.

2) Descontos são sempre bem-vindos 

Quem não gosta de um  descontinho, não é mesmo?
Ao oferecer descontos, é comum que o ticket médio caia, mas a consequência disso é o aumento do volume de vendas e você não sai perdendo com isso.
Recomendamos que você faça uma pesquisa entre seus concorrentes e analise o que eles já fizeram e de acordo com a sua margem e despesas você poderá definir um preço ideal e que não desvalorize seu produto.
Por exemplo, se você reduzir 20% do valor de seu produto, você consegue recuperar esse valor com a quantidade de vendas que realizar.
Em outras palavras, com a queda do preço o interesse e as compras consequentemente aumentam e você sai ganhando com o volume de vendas.

.

3) Facilite as formas de pagamento

Se seu e-commerce possui meios de pagamentos diversificados, certamente a chance de seus produtos serem comprados é muito maior.
As possibilidades de compra como cartões de crédito, boleto bancário, pagamento em apenas uma parcela ou a divisão do valor em dois cartões podem ser uma das possibilidades.
Claro que vai depender da disponibilidade da sua loja em oferecer esses meios e eles não precisam ser mantidos durante todo o ano, você pode optar em usar apenas condições especiais para a Black Friday, por exemplo.
Nesse caso, é indispensável entender o seu público-alvo e buscar formas de melhorar a experiência de compra. A melhora desse ponto, certamente fará com que o cliente se lembre da sua loja em uma próxima compra.

.

4) Revise seu site 

Suponhamos que você já tenha realizado a  divulgação do seu site, seus clientes estão engajados, prontos para comprar, mas, no momento da compra seu site deixou a desejar e não atendeu toda a demanda de clientes. E agora?
Isso pode ser prejudicial para o seu negócio, traz uma imagem negativa, por isso é importante, antes de mais nada, verificar se seu servidor possui estrutura para um grande volume de acessos. 
Nesse caso, também cabe verificar se seu site possui um Design responsivo, pois é isso que vai permitir que o usuário acesse seu site por meio de variados dispositivos tanto no Mobile quanto no Desktop.
Esse é o momento de fazer um pente fino e identificar melhorias, a fim de deixar seu site mais objetivo e melhorando a navegação de seu usuário.

.

5) Reforce seu estoque

Levando em consideração que a Black Friday é uma das datas mais esperadas pelo público, analisar cuidadosamente o estoque é fundamental para que a falta de um produto não cause uma experiência negativa em seu visitante. 
Portanto, reforce a quantidade de itens que serão disponibilizados, principalmente aqueles que serão destaque. Aproveite também para negociar com seus fornecedores e esteja preparado para o alto volume de pedidos. 

.

Considerações finais 

É importante olhar para o seu negócio de modo geral e ter em mente que não é em todos os casos que o valor de um produto será o fator principal para o crescimento de vendas. Você pode começar desde já a testar seus produtos para verificar se a quantidade de vendas será relevante para sua loja ou não.
Aproveite também para aumentar a divulgação de sua marca, trazer mais visitantes e convertê-los em clientes finais, não só para a Black Friday mas para que eles sejam clientes fidelizados.

Preparado para colocar as dicas em prática?
Espero que sim! Um abraço e até o nosso próximo conteúdo.


  • Artigos

Leia Mais

Maycon Oliveira

Escrito por:

Maycon Oliveira

Responsável pelo Marketing Institucional da Agência Admake. Graduado em Publicidade e Propaganda e atualmente estudante de Jornalismo. Um bom ouvinte, apaixonado por pessoas, boas histórias e coisas simples.

Uma resposta para “5 Dicas para Pequenas e Médias empresas aumentarem as vendas na Black Friday”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-commerce

Frete grátis: Como oferecer essa condição sem perder dinheiro

O e-commerce está crescendo a cada dia, devido a facilidade de compra e condições de pagamento acessíveis, os clientes estão virando adeptos dessa "nova" forma... mais

Plataforma de E-commerce

Plataformas de E-commerce mais usadas

Por que abrir uma Loja Virtual Os negócios digitais estão cada vez ganhando mais força! É apenas olharmos Uber, Netflix e o próprio Magazine Luiza, que se... mais