Como vender mais pela internet através das Redes Sociais?

22 de agosto de 2019

0
Marketing Digital

As redes sociais estão cada vez mais presentes na vida dos brasileiros.
Essa é uma ótima oportunidade para você aproveitar e vender mais.

É possível vender mais pela internet utilizando as redes sociais?

Com certeza!
As redes sociais são uma excelente forma otimizar as vendas. Porém, tudo deve ser bem alinhado para que os resultados sejam alcançados.
As mídias sociais não irão operar milagres, então é importante entender como elas funcionam para conseguir traçar as melhores estratégias de vendas.

Vender, vender, vender: Uma estratégia que não cola mais

Quando as empresas descobriram as redes sociais, era muito comum que elas fossem usadas apenas para divulgar promoções.
Entretanto, com o tempo, descobrimos que o conteúdo relevante é quem importa de verdade. Os clientes não suportam mais empresas que só postam produtos e promoções que a loja esteja realizando.
Exceto para empresas com ticket médio muito baixo, essa estratégia não cola mais.
Em resumo, ficar o tempo inteiro divulgando ações comerciais faz com que o cliente enjoe de você e até deixe de te seguir.

Então, o que postar? Sempre busque levar conteúdo ao cliente, conteúdo relevante que de fato agregue valor a sua marca. Posteriormente, associe o conteúdo com o produto ou serviço oferecido pela empresa.

Exemplo:

Uma loja virtual de roupas faz um conteúdo sobre como tirar suas medidas para comprar roupas na internet.
Um conteúdo simples, mas que pode fazer a diferença para quem vai comprar. Além de fazer com que aquele consumidor sinta segurança em fazer a compra naquela loja.

Atenção: Isso não significa que você não deve postar seus produtos! Com certeza ele deve aparecer em sua timeline semanalmente, lembrando sempre em qual rede social está aparecendo (falaremos mais sobre cada uma delas um pouco mais para frente).

Com quem você está se comunicando?

Sobretudo, saiba com quem você está se comunicando.
É essencial conhecer em detalhes o seu público-alvo. Lembre-se que é bem provável que o seu conteúdo atinja o cliente em um momento de distração, quando ele só está navegando em suas redes sociais.
Diante disso, destacamos a importância de saber qual o tipo de conteúdo que seu cliente gosta de consumidor, qual é sua frequência nas redes sociais, horários livres e, principalmente, sua linguagem.
Portanto, não adianta fazer um texto extremamente formal em uma loja que vende skate, certo?

Envolvimento

Muitas marcas olham apenas para os likes e isso: não significa absolutamente nada.
Inclusive, já vimos casos onde havia uma chuva de likes nas publicações de um cliente, mas nada daquilo era convertido em vendas.
Isso ocorre porque um like é fácil e muitas pessoas curtem a publicação sem nem saber o que está acontecendo.
Deste modo, o ideal é focar no envolvimento com pessoas que realmente possuem potencial de compra. Além de likes, olhe para as demais reações, comentários e compartilhamentos e mensagens no direct. A interação é o que realmente importa.
E claro, não deixe, jamais, de responder o cliente com toda atenção do mundo!

Frequência

Jamais abandone suas redes sociais.
A frequência vai depender do público e do segmento da loja, é importante mensurar e verificar a frequência ideal.
Porém, recomendamos que você tenha pelo menos uma atualização semanal no feed e apareça nos stories no mínimo duas vezes por semana.

Prova Social

Sua Prova Social também é questão importante para te ajudar a vender mais!
Prova Social, nada mais é, avaliações, recomendações e número de curtidas da página/seguidores. Números fundamentais que podem fazer o cliente olhar e pensar: Se todas estas pessoas estão gostando, deve ser bom!
Visto que clientes confiam em outros cliente, isso é fato.
A Prova Social de uma página possui alto poder de persuasão de compra, por isso, fique de olho nesses números.

Conteúdos específicos para cada mídia

Até agora falamos da mídias sociais como um todo. A partir daqui, vamos detalhar os tipos de de conteúdo para cada uma delas.

Facebook

O Facebook funciona bem com todos os tipos de conteúdo.
Conteúdos rápidos, longos, vídeos, fotos, layouts montados, ações comerciais… Aqui é a rede onde tudo pode!
Porém, a realidade é que o público presente no Facebook é cada vez mais específico. Hoje, não é mais comum ver uma pessoa com menos de 35 anos ter o Facebook como sua rede social principal.
Em conclusão, é claro que existem exceções, mas o público mais velho costuma estar muito mais ativo nesta rede social!

Instagram

Consequentemente, o Instagram concentra mais os jovens como usuários ativos.
Isso faz com que a mídia seja ideal para conteúdos rápidos!
Você pode trabalhar semanalmente com conteúdos no feed, mas os stories, sem dúvidas, é a ferramenta que mais engaja com o público da mídia.
Os stories são imediatos e super simples de fazer, a ideia é exatamente essa! Abordar os bastidores, novidades e porque não, promoções da loja. Com eles é possível fazer fotos e vídeo, mas sem dúvidas, os vídeos são infinitamente mais atrativos.
Por serem ágeis, vale a pena aparece nos stories algumas vezes na semana. Isso porque, quanto mais você posta, mas o público visualiza e mais as chances do seu conteúdo aparecer primeiro para eles.
Entretanto, foque em conteúdo relevante e relacionado com a loja. Jamais poste por postar.

YouTube

Como você com certeza deve saber, o YouTube é uma plataforma de vídeos.
Existe como fazer publicações em imagens dentro do canal, mas nem de longe é o foco.
Ele é ideal para gerar conteúdo de vídeos mais extensos: Funcionamento do produto, unboxing, explicação em detalhes de alguma dúvida frequente e conteúdo interativo.
De fato, não é uma mídia muito fácil de ser trabalha, pois exige estrutura para gravar e edição, mas vale a pena tentar e dar seus primeiros passos. Pode ser uma boa opção para lojas com produtos diferenciados.

LinkedIn

O LinkedIn é perfeito se você vende B2B.
Ali estão profissionais de todas as áreas, ideal para fazer um belo networking.
Aceita imagens, vídeos, artigos internos e links externos. Porém, deve-se tomar cuidado com os conteúdos a serem postados. É necessário que eles sejam completos e bem estruturados.

Twitter

O Twitter possui um público altamente específico.
Menos utilizado que o Instagram e Facebook, ele não precisa, necessariamente, gerar conteúdo relevante para o público.
É mais uma rede social para conversar entre amigos e fazer anúncios rápidos. Os consumidores também usam muito para fazer reclamações.
O ifood, por exemplo, é uma marca que usa o Twitter que maestria. Seja para brincar ou falar sério.

Nesta rede, a interação com o usuário é primordial. Lembre-se que se trata de uma conversa pública, então, seja para conversar ou responder reclamações, fique atento ao que é escrito.

Vale a pena investir nas mídias sociais

Porém, é realmente necessário investir para vender mais pela internet.
O engajamento orgânico é o sonho de qualquer marca, mas não é muito fácil de alcançar. Isso porque os redes identificam os conteúdos das marcas e diminuem o alcance orgânico das publicações, para que as páginas paguem para aparecer.
Ou seja, é sim necessário investir em publicações patrocinadas para alcançar os resultados esperados.

Cuidado com as publicações

Bom senso é uma palavra importante.
Desta maneira, não se esqueça que as publicações estão sendo feitas por uma marca e não por uma pessoa física.
Pode parecer óbvio, mas é importante ressaltar: Jamais faça publicações com posições muito pessoais, posicionamento político e qualquer tipo de preconceito.

Gostou deste conteúdo? Deixe sua opinião ou dúvida nos comentários.
Até a próxima!

  • Artigos

Leia Mais

Jéssica Marinho

Escrito por:

Jéssica Marinho

Redatora com ênfase SEO na Agência Admake, responsável pelo desenvolvimento de conteúdo. Publicitária por formação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-commerce

Minha loja não vende: O que fazer?

Sua loja não está vendendo e você já não sabe mais o que fazer Mantenha a calma e leia esse artigo na íntegra, com certeza ele irá abrir sua cabeça e apontar... mais

E-commerce

Frete grátis: Como oferecer essa condição sem perder dinheiro

O e-commerce está crescendo a cada dia, devido a facilidade de compra e condições de pagamento acessíveis, os clientes estão virando adeptos dessa "nova" forma... mais